Viagens e saúde29/01/2021

Tome alguns cuidados e viaje com mais segurança

Tem um detalhe em viagens que é deixado de lado por muitas pessoas mas que é importantíssimo: como se preparar e cuidar da saúde antes de durante a viagem. Separamos algumas dicas que podem ajudar nessa tarefa:

1 - Conhecer as exigências do seu destino: Antes de embarcar, uma das principais dicas é verificar quais são as vacinas exigidas pelo seu destino, que devem estar descritas no ministério ou na embaixada do país – que varia confirme a região. Certos estados e cidades do Brasil também exigem determinada imunização, por isso, é preciso ficar atento. Não se esqueça de levar sua carteira de vacinação.

2 - Vá ao médico: o ideal é que se faça uma consulta presencial, pelo menos, 30 dias antes da partida. Assim, o médico pode avaliar, com segurança, a indicação de medidas de proteção antes de você colocar os pés na estrada.

3 - Cuidados com alimentação: atenção redobrada com o que se ingere é essencial para evitar problemas como dores de estômago, enjoos e diarreia – comum em turistas na América Latina, África e Ásia. Lavar as mãos várias vezes ao dia, e beber somente água mineral engarrafada podem ser cruciais para se manter saudável.

4 - Alerta sobre doenças: se seu destino tiver algum tipo de alerta contra malária e outras doenças transmitidas por insetos, é preciso saber quais são as medidas de proteção utilizadas naquele local, como uso de mosquiteiros, roupas que protejam pernas e braços, uso de repelentes e vacina, caso haja. A febre amarela, por exemplo, também é uma preocupação internacional e pode ser evitada se for tomada dez dias antes da data da viagem.

5 - Onde encontrar ajuda caso seja necessário: Em viagens nacionais, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária possui os Centros de Orientação para a Saúde do Viajante e serviços credenciados, que servem para orientar os turistas sobre cuidados com a saúde e emissão do Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia (CIVP). Se o passeio for para o exterior, o ideal é que se tenha um seguro internacional de saúde, afinal, nem todos os países têm rede pública desse serviço – que, em algumas nações atende brasileiros, graças a acordos internacionais recíprocos.

Informações retiradas do site Saúde IG. Link completo: https://saude.ig.com.br/2017-07-07/viajar-vacinas-dicas.html

Viagens e saúde

Efetuar Reserva